A NOVA LEI DE LICITAÇÕES SE APLICA ÀS ESTATAIS?